2.7.07

E agora as notícias

O mais curioso na história da jornalista que se recusou a dar a notícia da libertação de Paris Hilton é que se passaram três minutos a falar do caso. Provavelmente mais do que seria a duração da peça propriamente dita. O episódio do isqueiro para queimar a folha com o lançamento da peça é hilariante. Penso que se a moda pegasse em Portugal, e os pivots desatassem a queimar tudo o que julgam ser "notícias não relevantes", a época de combate aos incêndios durava 12 meses.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial