24.8.08

Domingo, umas horas de sono depois



















O mais jovem atleta medalhado na história dos Jogos Olímpicos, Ricky Rubio, 17 anos, não sai com o ouro mais sai certamente de cabeça erguida. A Espanha fez uma exibição de gigante frente aos Estados Unidos e apenas caiu pela melhor das razões: o adversário é, por enquanto, inquestionavelmente superior. Dispensava-se, contudo, que o talento desta geração do basquetebol norte-americano surgisse associado a vedetismo, com pose agressiva mais próxima de actor de um videoclip de 50 Cent do que propriamente de jogador de basquetebol. Realidade, aliás, que apenas serve para reforçar a convicção de que aqui as estrelas das mangas nos braços, fitinhas na cabeça e demais acessórios estão na realidade a anos-luz do Dream-Team de Barcelona 92, composto por Jordan, Bird e companhia, que apesar dos triunfos nunca perdeu a postura de quem sabe vencer. E fica ainda a confirmação de que a NBA continuará, cada vez mais, a "aproximar-se" do resto do mundo e em particular da Europa. Que ninguém tenha grandes dúvidas de que se Marc Gasol já tem a mala feita, preparando-se para aumentar a representação espanhola, Ricky Rubio só está à espera do momento em que o telefone toque.

1 Comentários:

Às 6:27 da tarde , Blogger João Gaspar disse...

que jogão. valeu as horas de sono.

um abraço.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial