2.4.07

Em escuta ali ao lado















Anda uma pessoa distraída e dá de caras com esta notícia a indicar um concerto dos GNR, na próxima quarta-feira, no São Jorge. O Rui Reininho, assim como o Sérgio Godinho, o Jorge Palma ou o JP Simões (a propósito no Maxim no próximo fim-de-semana) podiam muito bem dar início a um espaço intitulado "de que falamos quando falamos de escritores de canções". Acontece que o Reininho está para a música como o Pedro Barbosa para o futebol. É genial, faz grandes coisas, mas só quando lhe apetece. As duas músicas em escuta ali ao lado, à distância de um click no play, são das melhores que a música nacional conheceu. O álbum que ilustra os temas tem função meramente decorativa, até porque só o primeiro lá consta. De resto, dizer que "o que eu gosto em mim, o que me motiva, é uma perguiça transcendental" podia muito bem ser um hino de vida. E "Popless" é uma daquelas canções que merecia pena de prisão a quem a destruísse como aconteceu com aquele senhor do hip-hop. E só aos grandes artistas, seja no futebol, seja na música, perdoamos os erros ou a falta de vontade. Com os GNR isso aconteceu em sucessivos temas nos últimos anos. A malta perdoa e finge que não vê ou escuta. Como em Cascais no último Verão (na foto), na próxima quarta-feira, a confirmar-se, lá estarei pronto para que lhe apeteça dar um grande espectáculo.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial