8.2.08

Felizmente por cá o campeonato é tão mau que nem no Dubai o querem ver


A ideia é simples e estúpida. A Premier League, embalada pelo som dos milhões, avançou com a ideia de, lá para 2010, estender o campeonato para as 39 jornadas como forma de disputar uma fatia dos jogos além-fronteiras. E surge a hipótese de assistir-se a um Everton-Liverpool em Los Angeles, o derby de Manchester no Dubai e por aí fora. Não só dificulta a vida aos hooligans, que para andarem ao soco uns com os outros vão precisar de viajar meio mundo, como dificulta a vida aos clubes pequenos, geralmente os que mais sofrem com estas invenções do chamado "futebol moderno".

“This displays a complete disregard for the proud traditions of the English game as well as a crass lack of consideration for football supporters in general. Basically, it’s a case of, ‘We’ve had their money here now. Where else can we get people to put their hands in their pockets?’ The sole motivation for this is the Premier League to make more money.” The Manchester United Supporters’ Trust called it “the slippery slope towards franchise football”.

Newcastle fan MICK EDMONDSON said: “What next? Astroturf on the moon?” Sunderland fanzine editor MARTYN McFADDEN said: “Relegation issues could be affected by someone at the bottom having to play the likes of Manchester United three times in a season.” Spurs’ Supporters Trust member BERNIE KINGSLEY said: “It’s a classic case of the Premier League being utterly obsessed with money.” Villa Fans Combined’s JONATHAN FEAR warned: “I want to see every Aston Villa home game. If I can’t, then I will go and find another sport.”

Nota: A foto que ilustra o texto diz respeito à produção da FHM britânica para o início de época. Aqui em Portugal fez-se uma coisa parecida mas limitou-se a três meninas representantes de três clubes. Afinal o resto só anda aqui a fazer figura.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial