10.10.07

"Estarás ganzado animal"?

É desta forma que termina mais uma excelente troca de ideias na caixa de comentários de um artigo do Miguel Sousa Tavares no site do Expresso. Eu julgo que o que falta realmente nos debates em Portugal é esta honestidade na troca de argumentos. Tudo se passou ontem e teve início com um a dizer que o outro tinha uma "conversa de merda" e que mais não era do que um "lambe botas do imbecil do Tavares".
Na resposta, mais um sujeito entra na conversa para insinuar que o outro é "ressabiado" porque "o MST deve ter dado umas voltas lá por casa na ausencia do homem". Ora isto motiva que o outro tipo, que entretanto passou a corno, responda na mesma medida, ao defender tratar-se de um "comentário imbecil de quem se gaba de andar a comer por fora de casa sem saber as tristes figuras que a mulher anda a fazer com o chefe nos fins de semana dos workshops".
Este parece-me ter ficado nitidamente em vantagem, pois não só devolveu o título de corno ao outro, como ainda foi específico ao ponto de adiantar pormenores sobre a traição. Após mais uma troca de ideias, o alegado corno número 1 encerra o assunto lançando a elucidativa pergunta que dá título ao post: "estarás ganzado animal?". Noto que o último comentário foi inserido quando já passava da uma da manhã. A pergunta que, dada a evolução da conversa, parece mais lógica de ser feita é se os dois sujeitos sabem onde estavam as respectivas esposas nesse momento.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial