6.4.06

O que é certo é que já passaram mais de 24 horas

...e eu continuo sem saber o que são purpurinas. Começo a desconfiar que é droga. Até porque lá para o final do anúncio ela dá ares de já ter experimentado ali qualquer coisa.

7 Comentários:

Às 7:04 da manhã , Blogger zoto disse...

Consulte um dicionário.

 
Às 7:05 da manhã , Blogger zoto disse...

Que não da Porto Editora:

purpurina
s. f.
substância extraída da raiz da ruiva; pó metálico para impressões tipográficas, e para dourar ou pratear em pintura.

(De púrpura + -ina)

 
Às 7:06 da manhã , Blogger zoto disse...

E desconfia bem, pois que a ruiva-brava (uma planta) é o m. q. «granza».

 
Às 2:11 da tarde , Blogger Afrodite disse...

Ó rapaz, são uns brilhantes pequeninos (em pó ou em gel), que nós gajas pomos na cara, no peito, etc.!

 
Às 6:03 da tarde , Blogger Edu. disse...

e verdade,confirmo essa informacao,soube por uma rapariga porque no fundo elas e que se interessam por essas coisas.

 
Às 6:41 da tarde , Blogger Edgar disse...

E eu a pensar que podia passar a utilizar a expressão "andas a meter-te nas purpurinas". Obrigado pelas explicações, a todos.

 
Às 5:18 da tarde , Blogger Lolita disse...

Mas podes utilizar a expressão na mesma... "Tás com purpurinas ó quê?"

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial